Para as mulheres, de Sócrates.

Culture,Philosophy -- 05 / July / 2010

silencio

Retirado do diálogo Timeu (18c), de Platão.

Sócrates Observamos, ainda, acerca das mulheres, que deveriam ser formadas naturalmente da mesma liga harmônica das qualidades masculinas, e que suas ocupações precisavam ser iguais às dos homens, tanto em tempo de guerra como em qualquer outra situação.

(Tradução do grego de Carlos Alberto Nunes, ed. UFPA)

É meninas, o feminismo – pelo visto – não nasceu nos anos 60, nem foi pronunciado primeiramente por uma mulher, mas por aquele que é reconhecido como o maior dos filósofos ocidentais.

Vocês estão com tudo e não estão prosa!

PS: Este post é para voltar aos poucos, depois de quase um mês – de intenso trabalho – sem colocar nada aqui.

3 respostas so far

3 respostas para “Para as mulheres, de Sócrates.”

  1. Pablo Cabana says:

    Não conhecia essa do sócrates. Muito interessante, MESMO, saber que o cara falou isso naquele Grécia muito doida que bem conhecemos. Iluminou meu dia.

    Cara, seu site tá irado, depois que o conteúdo começa a abundar é que as coisas começam a ficar legais. Agora seu filho já deixou de ser um bebê. Já é um rapaizinho promissor. eeheheehe

  2. Leonardo says:

    Não é? Esse Sócrates surpreende!

    Pô, vc me falar isso é a maior responsa! Bacana à beça…

  3. Sylmar says:

    Surpreende mesmo, ainda mais que Sócrates é conhecido por não ter uma opinião muito boa sobre as mulheres, mas na verdade a mulher dele tinha um temperamento difícil e por isso foi mal julgado.

Deixe uma resposta