Palavras para 2013.

Philosophy,Sanskrit -- 20 / December / 2012

 

श्रद्धावाँल् लभते ज्ञानं

śraddhāvām̐l labhate jñānaṃ

Possuindo fé, ele alcança o conhecimento.

 

 

Esta é a primeira oração (aqui, no sentido gramatical) da estrofe 39 do capítulo 4 do Bhagavad Gītā.

 

Embora ela já tenha sido um farol para mim ao longo de 2012, em 2013 este farol será ainda mais luminoso.

Em 2013 apresento à banca a minha dissertação de mestrado e sigo, se Deus quiser, para um doutorado (em Praga).

Estarei totalmente imerso na obra de Pāṇini, este gênio que seduziu minha mente desde que comecei a estudá-lo, em 2000.

 

De lá para cá são 12 anos em que não passo um único dia sem revisar mentalmente um sūtra de sua gramática (sim, sou um fanático, rs), isso fez com que ao longo destes anos eu saiba de cor 1150 sūtra(s).

Como costumo dizer: uma bela brincadeira de adulto.

 

É o que desejo aos demais também, porque a única coisa que eu sei (cada vez mais), é que só o Conhecimento salva.

E sem fé (sobretudo em Deus) o Conhecimento não pode ser alcançado.

Um Feliz Natal e um 2013 de grandes realizações a todos!

 

4 respostas so far

4 respostas para “Palavras para 2013.”

  1. Karine says:

    Oi Leo

    Obrigada pelos votos e saiba que torcemos muito por você.

    Concordo contigo, embora minha visão do mundo seja muito leiga, que fé e conhecimento são uma

    combinação poderosa.

    Eu creio. Creio em algo superior, algo que não sei explicar, mas que para mim é tão real como meus

    braços e minhas pernas.

    Feliz Natal e que 2013 seja mais um ano maravilhoso em nossas vidas!

    Beijos, Karine.

  2. Leonardo says:

    Oi Karine!

    Obrigado. Para vocês também! Torço muito por vocês…

    Que tenhamos um 2013 mágico!

    Um abraço para o meu amigo Bernardo!

    Beijos!

  3. tati says:

    amém. fé e coragem (que estão intimamente ligadas) em 2013. e nos outros que virão!
    beijos, querido. (será por isso que dizemos “vai na fé” e “vai com deus”?)
    felicidades!

  4. Leonardo says:

    Tati, querida, obrigado!

    Pois é, fé e coragem é o que mais precisarei este ano…

    Beijo grande!

Deixe uma resposta